.

10 fev 2020

SST no eSocial 2020: quais informações serão enviadas pelos empregadores?

Tags:, , , ,
Vai pra baixo

Depois de tantas indas e vindas, parece que 2020 será o ano da implantação dos eventos de SST no eSocial. Por outro lado, ainda resta saber quais informações serão exigidas no novo sistema.

Enquanto alguns acharam que o projeto iria acabar em 2019, as notícias divulgadas pelo Governo mostram que o eSocial está mais firme e forte do que nunca.

Entretanto, alguns entraves ainda precisam ser contornados para que os novos leiautes sejam divulgados.

Por que o eSocial quase acabou?

No primeiro semestre de 2019, quando entrariam em vigor os eventos de folha de pagamento para empresas do Grupo 2,  empresários e entidades de classe começaram a aumentar o tom das críticas ao eSocial.

O  secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa, afirmou que o eSocial era complexo e “socialista”.

O novo Governo, que foi eleito com discurso reformista, ouviu o apelo de empresários e entidades e decidiu acabar com o eSocial e transformá-lo em dois sistemas diferentes.

No começo de Julho de 2019, o secretário Especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse que o eSocial seria substituído por outros dois outros sistemas mais simples: um da Receita Federal e outro de Trabalho e Previdência.

O novo Governo desconhecia completamente o projeto do eSocial. Este desconhecimento aliado à pressão de entidades levou ao anúncio do fim do projeto.

Mais tarde, ao conhecer melhor o projeto, o ministro Paulo Guedes decidiu dar continuidade ao eSocial.

Impasse na Receita Federal

A Receita Federal, que antes liderava o projeto do eSocial, havia perdido comando do projeto no final do primeiro semestre.

Este foi um dos motivos que levou a Receita a decidir criar um sistema só pra eles.

No entanto, o objetivo do eSocial é a simplificação e centralização de obrigações. Não fazia sentido prestar informações para dois sistemas diferentes.

A criação de dois sistemas diferentes vai de encontro aos objetivos iniciais do projeto.

Segundo a Receita Federal, o Governo perderia arrecadação se fosse mantido um sistema unificado.

Esta afirmação soa um pouco estranha, afinal,  foi a própria Receita quem decidiu criar um sistema único, envolvendo também as pastas do Trabalho e Previdência.

Cronograma começa em setembro

No final do ano passado, às vésperas do Natal, foi publicada a Portaria 1.419, com o novo cronograma dos eventos de SST no eSocial.

A prestação das informações dos eventos S-2210, S-2220 e S-2240, relativos à Saúde e Segurança do Trabalhador – SST, deverá ocorrer conforme cronograma a seguir:

Este é o cronograma atual de implantação de SST no eSocial. E após tantos adiamentos, esperamos que seja também o cronograma definitivo \0/

Concluindo

A qualquer momento podem ser publicados os leiautes do Novo eSocial.

O Governo precisa publicar ainda nesses primeiros meses do ano, só assim os empregadores e empresas de softwares terão tempo para adaptar os sistemas para a entrada em vigor dos eventos de SST.

Nesse primeiro momento, serão exigidos somente os eventos S-2210, S-2220 e S-2240. A parte trabalhista de SST deve ficar para um segundo momento.

As NRs estão em fase de mudanças, somente após a consolidação dessas alterações é que as informações trabalhistas de SST poderão ser incorporadas ao novo sistema.

Embora o Governo já tenha divulgado quais eventos de SST serão exigidos à partir de 8 de Setembro de 2020, ainda não sabemos quais informações serão exigidas em cada evento.

Eu acredito que os eventos S-2210 e S-2220 não sofrerão grandes alterações em comparação com a última versão dos leiautes disponível no portal do eSocial na internet.

Por outro lado, o evento S-2240 deve sofrer algumas simplificações. A tendência é que a tabela 23 seja reduzida restringida aos agentes nocivos do Anexo IV do  Regulamento da Previdência Social – RPS.

Todavia, precisamos aguardar até que sejam divulgados os novos leiautes. Só assim, saberemos o tamanho da parte de SST no Novo eSocial.

Esperamos que estas informações sejam divulgadas em breve!

Autor:

Eder Santos

Eder Santos

Professor e Consultor de SST
Fundador do www.sstonline.com.br

Quer receber nossas atualizações no seu e-mail?

Não se preocupe, também odiamos spam!

Leia também:

Curso Desvendando Aposentadoria Especial, PPP e LTCAT

Curso on-line

Desvendando Aposentadoria Especial, PPP e LTCAT

Descubra os 7 passos para dominar a elaboração de PPP, LTCAT e caracterização da Aposentadoria Especial

Conheça o curso

Dúvidas sobre a caracterização da Aposentadoria Especial, elaboração de LTCAT e PPP?
Clique no botão abaixo e fique aliviado ↓

 

Eu quero saber mais!

Trabalhe com segurança. Há sempre um abraço esperando você na volta pra casa.

SST Online