.

27 jul 2020

Acidentes de trabalho: 27 de julho, um dia de alerta à prevenção

Tags:, ,
Vai pra baixo

A notícia não é muito boa para começar a semana, porém é necessária: a cada 3h40 uma pessoa morre por acidente de trabalho no Brasil.

Dados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, que já te mostramos aqui no blog, apontam que, de 2012 a 2018 (últimos dados compilados no país), morreram mais de 17 mil pessoas vítimas de acidente de trabalho.

Não precisamos ir muito longe, você deve conhecer ou conhecer alguém que conhece uma vítima destes acidentes.

Mas, você deve estar se perguntando o porquê de estarmos trazendo estes dados logo hoje.

Hoje é 27 de julho e poderia ser apenas mais um dia qualquer de trabalho (ainda por cima se tratando de uma segunda-feira, que não costuma ser um dia muito empolgante).

Entretanto, o dia 27 de julho PRECISA ser uma data em especial para nós que trabalhamos com Saúde e Segurança do Trabalho.

Hoje, é comemorado o Dia Nacional de Prevenção aos Acidentes de Trabalho.

A data é símbolo da luta dos trabalhadores brasileiros por melhorias nas condições de SST.

Ela busca aumentar a conscientização para que os números, como os que apontamos, reduzam ao invés de aumentar.

O dia ‘comemorativo’ propõe uma reflexão sobre como os ambientes e processos de trabalho podem determinar tanto a saúde, quanto os acidentes e o adoecimento dos trabalhadores.

Mais do que isto, evidencia a necessidade de adoção de medidas e ações preventivas para mudar o atual cenário no Brasil.

Como surgiu a ‘comemoração’ do dia 27 de julho?

Embora ainda registremos muitos acidentes de trabalho (ao longo de 2018 foram registrados mais de 620 mil CATs), somos um dos países que mais pensa da saúde do trabalhador. Você consegue acreditar?

O Brasil foi o primeiro país a ter um serviço obrigatório de Segurança e Medicina do Trabalho em empresas com mais de 100 funcionários.

É este marco que fez do dia 27 de julho uma data especial.

Lá em 27 de julho de 1972, o então ministro do Trabalho, Júlio Barata, publicou duas portarias que regulamentavam a formação técnica em Segurança e Medicina do Trabalho.

“Mas o Governo do Brasil criou isto por livre vontade?”

Conhecendo nosso país, a resposta já é meio óbvia.

O Brasil só fez isto porque o Banco Mundial ameaçou cortar os financiamentos para o país caso o quadro de acidentes de trabalho não fosse revertido.

O que temos feito para evitar os acidentes de trabalho?

Não temos dúvida, quando falamos de prevenção, que muita coisa deve ter mudado desde 27 de julho de 1972

Porém, os números ainda estão altíssimos.

O que temos feito?

Nossos trabalhadores trabalham sob condições de risco, muitas vezes sem Equipamentos de Proteção Individual ou Coletiva (EPIs e EPCs), carregando peso que o corpo pode até não suportar e com jornadas de trabalho exaustivas.

Infelizmente, muitos empregadores ainda pensam que é mais barato pagar um processo na Justiça do que investir em medidas protetivas para evitar que estes números continuem tão altos.

Cabe a nós a conscientização e, mais do que isso, a imposição por saúde e segurança em nossos trabalhos.

É preciso criar uma cultura de Segurança do Trabalho no Brasil.

Os números são alarmantes e, somente por meio da educação e conscientização é que podemos reverter esse cenário.

Os profissionais de SST são atores principais neste 27 de julho, que poderia ser mais um dia qualquer, porém deve ser um dia especial para você virarmos a chave e construirmos uma história com menos acidentes de trabalho.

Autor:

Matheus Reis

Matheus Reis

Jornalista, especialista em Conteúdo e Jornalismo Digital.

Quer receber nossas atualizações no seu e-mail?

Não se preocupe, também odiamos spam!

Leia também:

Curso Desvendando Aposentadoria Especial, PPP e LTCAT

Curso on-line

Desvendando Aposentadoria Especial, PPP e LTCAT

Descubra os 7 passos para dominar a elaboração de PPP, LTCAT e caracterização da Aposentadoria Especial

Conheça o curso

Dúvidas sobre a caracterização da Aposentadoria Especial, elaboração de LTCAT e PPP?
Clique no botão abaixo e fique aliviado ↓

 

Eu quero saber mais!

Trabalhe com segurança. Há sempre um abraço esperando você na volta pra casa.

SST Online