.

25 jan 2021

Acidentes de trabalho: uma epidemia oculta

Tags:, ,
Vai pra baixo

Segundo a Organização Internacional do Trabalho  (2017), ocorrem cerca de 2,7 milhões de mortes ao ano relacionadas a acidentes de trabalho e doenças ocupacionais. Este resultado gera diversos impactos intangíveis à sociedade e um impacto econômico de aproximadamente 4% do PIB mundial.

A prevenção destes acidentes de trabalho e doenças ocupacionais é a principal, dentre outras, responsabilidade da área de Segurança e Saúde no Trabalho (SST).

Entretanto, boa parte dos profissionais e consultorias de SST, relatam não ter a devida importância, suporte e respaldo de suas empresas ou clientes, na promoção de ambientes mais seguros e saudáveis. Isto acaba trazendo diversos impactos para empresas, trabalhadores e para o país.

Empresas

Para você ter uma noção, as empresas têm expressivos impactos atrelados aos custos, reputação/imagem e conformidade, decorrentes de:

  • Redução da produtividade e competitividade
  • Aumento do Seguro contra acidentes de trabalho (FAP malus)
  • Absenteísmo (mais ausências)
  • Multas, ações judiciais e indenizações (maior fragilidade e vulnerabilidade)
  • Ações regressivas (responsabilização)

Trabalhadores

O trabalhador tem perda de sua saúde e muitas vezes até a vida, de convívio social, familiar e de renda. Sendo que a maiorias das vezes este impacto é intangível e, desta forma, desprezado pela sociedade.

País

Já para o país, o resultado é um aumento de gastos públicos, o que impacta a todos, e perda de competitividade. Estas perdas decorrentes de acidentes e doenças do trabalho são estimadas pela OIT em 4% do PIB mundial, o que pode ultrapassar R$ 200 bilhões de reais anualmente no Brasil.

Covid-19 versus acidentes de trabalho e doenças ocupacionais

Se compararmos a realidade dos acidentes de trabalho e doenças ocupacionais com a realidade que estamos vivenciando com a pandemia de Covid-19, as partes afetadas são as mesmas, ou seja, empresas, trabalhadores, familiares e o país, ou seja, a sociedade como um todo.

Em termos de óbito, enquanto acidentes representam 2,7 milhões de vítimas fatais ao ano, as mortes decorrentes de Covid-19 chegaram em 1,7 milhões em 2020.

Mas, comparando a pandemia de Covid-19 com os acidentes de trabalho e doenças ocupacionais há uma grande diferença. Nós não sabíamos o que esperar e o que fazer no caso da Covid: fomos descobrindo, aprendendo e reaprendendo no meio da pandemia.

Com a Covid muitos empregadores se deram conta da necessidade de implementar medidas de controle e contingência em caráter de urgência, sem medir esforços. Muitos em decorrência de 3 aspectos:

1 – Custos

Os principais custos tiverem relação com a parada de produção/atendimento, redução da capacidade produtiva/atendimento e vendas, ausência de empregados, dentre outras.

2 – Reputação/Imagem

A reputação e imagem de empresas, direta ou indiretamente, foram afetadas nos casos de contaminações ocorridas no ambiente de trabalho, práticas observadas de perto por clientes, parceiros e concorrentes, como pode ser observado nestas reportagens:

Reportagem 1

Reportagem 2

3 – Conformidade

Em caráter de urgência, empresas precisaram atender na íntegra Medidas Provisórias (MPs), decretos e protocolos das autoridades, à respeito das medidas de enfrentamento e as medidas a serem adotadas para prevenção da contaminação do Coronavírus.

Conclusão

A área de SST ganhou muita importância dentro das empresas, haja visto a atuação em decorrência da pandemia, visando a redução de custos, manter a reputação/imagem e estar em conformidade, conforme abordado anteriormente.

Neste sentido, cabe a nós, profissionais prevencionistas, compreender este cenário e usar esta vivência para um crescimento sustentável e perene da área de SST, demonstrando a nossa importância e como podemos contribuir com empresas, trabalhadores e a sociedade em geral.

Afinal, a pandemia de Covid-19 irá passar, haja visto a força tarefa global para vencermos este cenário. Entretanto, nos casos de acidentes e doenças precisaremos ter a mesma visão e atuação, para passarmos por essa “epidemia oculta”.

Faz sentido para você essa análise entre a Covid-19 e os acidentes de trabalho e doenças ocupacionais?

Deixe seu comentário 😉

Autor:

Edivaldo Gregório

Edivaldo Gregório

Ajudo empresas na Gestão do FAP, NTEP e Alíquota GIIL-RAT, contribuindo para que estejam em compliance, reduzam custos e promovam ambientes de trabalho seguros.

Quer receber nossas atualizações no seu e-mail?

Não se preocupe, também odiamos spam!

Leia também:

Webinario
Curso Desvendando Aposentadoria Especial, PPP e LTCAT

Curso on-line

Desvendando Aposentadoria Especial, PPP e LTCAT

Descubra os 7 passos para dominar a elaboração de PPP, LTCAT e caracterização da Aposentadoria Especial

Conheça o curso

Dúvidas sobre a caracterização da Aposentadoria Especial, elaboração de LTCAT e PPP?
Clique no botão abaixo e fique aliviado ↓

 

Eu quero saber mais!

Trabalhe com segurança. Há sempre um abraço esperando você na volta pra casa.

SST Online